Accessibility links

Breaking News

Conflitos e violações devem acabar na Etiópia


Pessoas fogem depois de ataques do Governo em Mekele, Tigray, Etiópia

Os Estados Unidos continuam profundamente preocupados com o conflito em curso no norte da Etiópia. Relatos de ataques aéreos contra a capital de Tigray, Mekele, e contínuas violações dos direitos humanos e atrocidades pelas Forças de Defesa Nacional da Etiópia, as Forças de Defesa da Eritreia, as forças regionais e irregulares de Amhara, a Frente de Libertação do Povo Tigray e outros grupos armados são profundamente perturbadores.

“Condenamos todos esses abusos contra civis nos termos mais fortes possíveis e conclamamos todas as partes no conflito a respeitar os direitos humanos e a cumprir as suas obrigações de acordo com o Direito Internacional Humanitário”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price.

Ele acrescentou: “Concordamos com o secretário-geral da ONU e os líderes da União Africana: Não há solução militar para o conflito no norte da Etiópia e uma solução política durável deve ser encontrada. Instamos o Governo da Etiópia e a Frente de Libertação do Povo Tigray a entrarem imediatamente em negociações sem pré-condições para um cessar-fogo sustentável”.

Os crescentes relatórios de abusos de direitos humanos ressaltam a urgência de investigações internacionais independentes, transparentes e confiáveis. É essencial que todas as partes em conflito permitam e facilitem o acesso necessário a tais investigações. Apelamos especialmente ao Governo da Etiópia para permitir e facilitar esse acesso a todos os órgãos governamentais.

O porta-voz Ned Price acrescentou: “Estamos ansiosos por uma actualização do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos sobre a situação dos direitos humanos em Tigray e pela divulgação, o mais rapidamente possível, do relatório de investigação conjunta da Comissão Etíope de Direitos Humanos e do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos. Também pedimos a cooperação total com a Comissão de Inquérito da Comissão [da União Africana] sobre Direitos Humanos e dos Povos”.

O estabelecimento de mecanismos transparentes e independentes para responsabilizar os autores das violações dos direitos humanos é fundamental para a reconciliação e a paz na Etiópia.

XS
SM
MD
LG