Accessibility links

Breaking News

Estados Unidos impõem sanções a cinco líderes terroristas em África


Antony Blinken, secretário de Estado americano

“O terrorismo continua a ser uma ameaça activa na África, à medida que grupos alinhados à Al Qaeda e ao Estado Islâmico expandem a sua influência e alcance em algumas regiões", disse o tenente-general Scott Berrier, director da Agência de Inteligência de Defesa do Exército dos EUA. “A afiliada da al-Qaeda, a al-Shabaab, representa uma ameaça terrorista particularmente forte na África Oriental”, acrescentou.

Berrier advertiu que “no Sahel, o grupo afiliado à al-Qaeda [Jama'at Nusrat al-Islam wal Muslimin] e Estado Islâmico no Grande Saara continuaram seus ataques”, enquanto “uma insurgência incipiente do Estado Islâmico se expandiu ao norte de Moçambique em 2020”.

O Departamento de Estado identificou cinco líderes desses grupos terroristas e os classificou como Terroristas Globais Especialmente Designados, de acordo com a Ordem Executiva 13224.

Bonomade Machude Omar, também conhecido como Abu Sulayfa Muhammad e Ibn Omar, dirige os departamentos de Assuntos Militares e Externos do Estado Islâmico-Moçambique e actua como comandante sénior e coordenador principal de todos os ataques realizados pelo grupo no norte de Moçambique.

Sidanag Hitta, também conhecido como Abu Qarwaniand Abu Abdelhakim al-Kidali, é um líder sénior e comandante responsável pela região de Kidal, no Mali, dentro de Jama'at Nusrat al-Islam wal Muslimin (JNIM).

Salem ould Breihmatt, também conhecido como Abu Hamza al-Shanqiti e Hamza al-Mauritani, é líder sénior do JNIM e emir de Arbinda e Serma na região de Mopti, no Mali.

Ali Mohamed Rage, também conhecido como Ali Dheere, é o porta-voz da al-Shabaab e líder sénior do grupo. Ele esteve envolvido no planeamento de ataques no Quénia e na Somália.

Abdikadir Mohamed Abdikadir, também conhecido como Ikrima, é líder sénior da al-Shabaab e actuou como chefe de Operações e Logística, é também um facilitador e planificador operacional da rede terrorista.

Como resultado dessa classificação,propriedades e interesses dessas pessoas estão sujeitos à jurisdição dos Estados Unidos. Os cidadãos americanos estão proibidos de realizar qualquer transacção com eles.

“Os Estados Unidos estão empenhados em interromper os métodos de financiamento do Estado Islâmico-Moçambique, JNIM e al-Shabaab - todos classificados Organizações Terroristas Estrangeiras e Terroristas Globais Especialmente Designados - limitando a sua capacidade para conduzir novos ataques contra civis e apoiar os nossos parceiros nos esforços para interromper o financiamento do terrorismo”, disse o secretário de Estado, Antony Blinken em comunicado.

“Enfrentar a ameaça terrorista em todo o continente exigirá trabalhar em estreita colaboração com os nossos parceiros para reduzir a capacidade e as operações desses grupos terroristas, combatendo o controlo e influência deçes no oeste, leste e sul da África” concluiu o secretário de Estado.

XS
SM
MD
LG