Accessibility links

Breaking News

Resistindo à coerção da China


Departamento de Trabalho da Frente Unida, China

O Partido Comunista Chinês (PCC) procura há muito espalhar a ideologia marxista-leninista e exercer a sua influência em todo o mundo, disse o secretário de Estado Mike Pompeo numa declaração por escrito. Um dos meios pelos quais o PCC faz isso é através do Departamento de Trabalho Frente Unida, que financia operações de influência interna e externa através da propaganda e da manipulação.

“A Frente Unida frequentemente intimida membros da academia, empresas, grupos da sociedade civil e comunidades da diáspora chinesa, incluindo membros de comunidades de minorias étnicas e religiosas que falam contra os horríveis abusos dos direitos humanos que ocorrem em Xinjiang, Tibete e noutros lugares na China”, disse o secretário Pompeo.

As tácticas coercitivas do PCC têm como alvo indivíduos que trabalham contra os interesses do partido. Essas táticas incluem a divulgação de dados pessoais, conhecidos como “doxing”, dos seus alvos e até dos seus familiares online como forma de intimidação política.

Num esforço para impedir essa manipulação, o secretário Mike Pompeo impôs restrições de visto de acordo com a Lei de Imigração e Nacionalidade à República Popular da China e oficiais do partido, incluindo aqueles do Departamento de Trabalho da Frente Unida que se envolveram no uso ou ameaça de violência física, roubo e divulgação de informações privadas, espionagem, sabotagem ou interferência perniciosa em assuntos políticos domésticos, liberdade académica, privacidade pessoal ou actividade comercial.

Estas atividades perniciosas têm o objectivo de cooptar e coagir líderes regionais e locais, comunidades chinesas no exterior, membros da academia e outros grupos da sociedade civil, tanto nos Estados Unidos como noutros países, na promoção das políticas autoritárias do PCC.

“Vou continuar a implementar tais restrições de visto para deixar evidente que os responsáveis por acções que violam a ordem internacional baseada em regras não são bem-vindos nos Estados Unidos”, declarou o secretário Mike Pompeo.

Os Estados Unidos exortam a República Popular da China a acabar com o uso de táticas de coerção e intimidação para suprimir a liberdade de expressão.

XS
SM
MD
LG