Accessibility links

Breaking News

Estados Unidos empenhados na luta contra a Covid-19


Presidente Joe Biden e secretário de Estado Antony Blinken na Cimeira para a Democracia, Washington, 9 Dezembro 2021

"Os últimos dois anos provaram que, no que diz respeito à Covid-19, se uma pessoa está em risco, todos corremos risco".

O secretário de Estado, Antony Blinken, disse que a meta dos Estados Unidos "é acabar com a pandemia e colocar o mundo em bases mais sólidas, antes da próxima". Ao falar na Cimeira para a Democracia, ele destacou que os Estados Unidos já forneceram mais de 330 milhões de doses seguras e eficazes de vacinas a 110 países e economias, como parte do seu compromisso de disponibilizar 1,2 bilhão de doses até o próximo outono.

“Estabelecemos a meta de vacinar pelo menos 70 por cento do mundo até Setembro próximo com vacinas de qualidade, seguras e eficazes”, reiterou o secretário de Estado Blinken.

“Para fazer isso, os países devem intensificar os esforços para aumentar a produção, aumentar as doações de vacinas, cumprir as promessas feitas à COVAX e ajudar a resolver os últimos desafios que realmente transformam vacinas em vacinações”, afirmou.

Isso significa, continuou o secretário de Estado, “garantir a logística de armazenar e entregar milhões de doses de vacinas com segurança, ajudaros países a planear e a implementar campanhas de vacinação em massa e apoiar os profissionais de saúde”.

Ele acrescentou que as democracias são especialmente adequadas para liderar esse esforço global.

“As democracias no seu melhor são resilientes, criativas, capazes de superar desafios complexos e se adaptar rapidamente quando necessário e, acima de tudo, profundamente comprometidas em atender às necessidades das pessoas, especialmente em tempos de crise”, sublinhou Blinken.

Para impedir a propagação da Covid-19, os países devem ser transparentes e claros para com os seus cidadãos. Requer a partilha de dados, o uso de recursos públicos de forma responsável e, em caso de erro, o seu reconhecimento. E porque não deteremos a pandemia a menos que todos estejam protegidos, devemos garantir que todos, em todos os lugares, tenham acesso a vacinas seguras e eficazes.

Finalmente, assinalou o secretário de Estado, lutar contra a Covid-19 requer a livre troca de ideias e soluções.

“Funcionários, especialistas em saúde pública, cientistas, membros da sociedade civil, cidadãos, todos trabalhando juntos em toda a resposta à pandemia, do rastreio de contatos às campanhas de saúde pública e distribuição de vacinas. Estas são ferramentas vitais na luta contra a COVID e também são valores democráticos fundamentais”, destacou Antony Blinken, quem concluiu:“Precisamos permanecer comprometidos com essas ferramentas nos próximos meses para unir o mundo em redor deles, à medida que continuamos a pressionar para acabar com esta pandemia”.

XS
SM
MD
LG